Conheça os destinos inspirados na Literatura Brasileira

28 de setembro de 2015

Os livros têm o poder de alimentar a imaginação do leitor e fortalecer sua criatividade. As histórias podem transportá-lo para lugares nunca antes vistos, além de ampliar os conhecimentos.

Ao longo dos anos, a literatura brasileira evoluiu e consagrou-se como um dos nossos patrimônios culturais mais valiosos. Autores como Jorge Amado, Érico Veríssimo, Cora Coralina, Lygia Fagundes Telles e muitos outros souberam valorizar nossa identidade e trazer personagens marcantes, cheios de personalidade e grandes conflitos.

Na galeria abaixo, você vai descobrir quais foram os cenários que mais atraíram nossos escritores e em quais obras eles aparecem. Para os amantes dos livros, é mais que uma viagem: é um legado para a cultura!

Ilhéus, Bahia (Gabriela, Cravo e Canela, de Jorge Amado)

O escritor baiano soube valorizar a identidade de seu estado em suas belas obras. Ao publicar Gabriela, em 1958, o autor deu um novo rumo para sua carreira, até então marcada por personagens que denunciavam injustiças sociais (vide Capitães da Areia). Com a personagem-título e uma trama bem delineada, ambientada no século XX, ele definiu um misto de sensualidade e inocência que também dariam vida à Dona Flor, Tieta e Teresa Batista.

Ilhus Bahia Gabriela Cravo e Canela de Jorge AmadoFoto: Felipe Reis/Flickr/Creative Commons


Cidade de Goiás, Goiás (Poemas dos Becos de Goiás e Estórias Mais, de Cora Coralina)

Considerada uma das principais escritoras do país, Cora Coralina, pseudônimo de Anna Lins dos Guimarães Peixoto Bretas, teve seu primeiro livro publicado somente aos 75 anos de idade. Mesmo assim, seu talento para contos e poemas surpreendeu os leitores. A cidade onde nasceu tem uma quantidade significativa de casarios coloniais bem preservados, que lhe conferiram o título de Patrimônio Histórico da Humanidade pela Unesco.

Cidade de Gois Gois Poemas dos Becos de Gois e Estrias Mais de Cora CoralinaFoto: Rui Faquini/Agência Goiania de Turismo


São Miguel das Missões, Rio Grande do Sul (O Tempo e o Vento, de Érico Veríssimo)

Quando o misterioso índio Pedro Missioneiro foge de uma São Miguel em ruínas e conhece Ana Terra, é dada a largada para uma das histórias mais lindas da literatura brasileira, com a rivalidade das famílias Terra-Cambará e Amaral. A história é repleta de conflitos e narra toda a formação do estado do Rio Grande do Sul, além de relatar episódios importantes da Guerra dos Farrapos e, de quebra, encantar os leitores com o romance entre Bibiana e o Capitão Rodrigo Cambará.

So Miguel das Misses Rio Grande do Sul O Tempo e o Vento de rico VerssimoFoto: Marcelo Curia


Rio de Janeiro, RJ (A Hora da Estrela, de Clarice Lispector)

O sucesso estrondoso de Clarice ecoa até os dias de hoje. Suas obras são aclamadas pelo público e pela crítica, sobretudo com as publicações de Laços de Família e Perto do Coração Selvagem. Mas é em A Hora da Estrela que o esplendor do Rio fica evidente, visto que sua personagem central, a alagoana Macabéa, abandona o nordeste em busca da sorte na cidade grande.

Rio de Janeiro RJ A Hora da Estrela de Clarice LispectorFoto: Thinkstock


Cordisburgo, Minas Gerais (Manuelzão e Miguilim, de João Guimarães Rosa)

A cidade colhe até hoje os louros de ter sido a terra natal de um dos mais importantes escritores do país. Por aqui, atores e estudantes aficionados por literatura percorrem suas ruas em uma rota temática até chegar no museu dedicado a ele. Entre personagens emblemáticas, como a Diadorim de Grande Sertão:Veredas, foi com os personagens Manuelzão e Miguilim que Guimarães decidiu dar foco à cidade, com a história de duas gerações compondo o começo e o fim da vida.

Cordisburgo Minas Gerais Manuelzo e Miguilim de Joo Guimares RosaFoto: Celio Apolinario


São Paulo, SP (As Meninas, de Lygia Fagundes Telles)

Autora consagrada, Lygia foi amiga de ninguém menos do que Clarice Lispector. Vencedora do Prêmio Camões pelo conjunto de sua obra, a escritora paulistana caiu no gosto do público e da crítica com Ciranda de Pedra, ambientado em sua cidade entre as décadas de 1940 e 1950. Já o romance As Meninas chamou a atenção dos leitores ao escolher a Ditadura Militar como pano de fundo para as histórias de Ana Clara, Lia e Lorena - três jovens que vivem em um pensionato de freiras.

So Paulo SP As Meninas de Lygia Fagundes TellesFoto: Jose Cordeiro/SP Turis


Fortaleza, Ceará (Iracema, de José de Alencar)

"Iracema, a virgem dos lábios de mel, que tinha os cabelos mais negros que a asa da graúna, e mais longos que seu talhe de palmeira". É com essa descrição que o autor nos apresenta a uma das personagens mais fortes e inesquecíveis da literatura brasileira. A história toda é uma representação da formação do Estado do Ceará, sendo que sua capital tem na estátua de Iracema um dos seus grandes atrativos turísticos.

Fortaleza Cear Iracema de Jos de AlencarFoto: Alex Uchoa


Taubaté, São Paulo (Sítio do Pica-Pau Amarelo, de Monteiro Lobato)

As personagens Dona Benta, Tia Nastácia, Narizinho e Emília fizeram sucesso com gerações de crianças e adolescentes. Suas publicações em torno do Sítio inspiraram um programa de TV e alçou a cidade de Taubaté como um destino literário forte, já que a mesma foi a terra natal do escritor. O Museu em sua homenagem guarda móveis e objetos do autor, além de incluir exposições, atividades pedagógicas e espaços de recreação.

Taubat So Paulo Stio do Pica-Pau Amarelo de Monteiro LobatoFoto: Divulgação


Sertão Nordestino (Memorial de Maria Moura, de Rachel de Queiroz)

Nascida em Fortaleza, Rachel de Queiroz soube traduzir muitas das agruras que se passam com os personagens do sertão brasileiro. Importante romancista, foi a primeira mulher a ingressar na Academia Brasileira de Letras - e trouxe uma mulher extremamente forte como o foco principal de uma de suas mais importantes obras, transformada posteriormente em uma série de TV. Maria Moura foi nada menos que a líder de um bando de homens armados e percorreu a região árida do interior do Ceará.

Serto Nordestino Memorial de Maria Moura de Rachel de QueirozFoto: Andre Fialho, Fortaleza, CE


Manaus, Amazonas (Dois Irmãos, de Milton Hatoum)

O escritor amazonense é considerado um dos principais nomes da literatura nacional nos dias de hoje. Entre seus belos romances, Dois Irmãos destaca-se por traçar uma trama bem delineada a partir da relação conturbada dos gêmeos libaneses Yaqub e Omar, que vivem na cidade. O autor procura, dessa forma, relatar as experiências de imigrantes que viviam do comércio por ali.

Manaus Amazonas Dois Irmos de Milton HatoumFoto: Embratur/ Portal da Copa


Fonte

Descubra também preços e pacotes para estes destinos conosco. Os melhores preços aqui na 3R TUR.

3R TUR - Sua Viagem, Nosso Compromisso!

 

Compartilhe!

Powered by CoalaWeb

Contate-nos

Já sabe seu destino? Fale conosco!

Deixe-nos a sua sugestão de viagem que nossa equipe estará preparada e disposta para melhor ajudá-lo(a) e retornará o contato o mais rápido possível.

Se prefirir envie um e-mail para:

Leandro
leandro@3rtur.com.br

Nuno
nuno@3rtur.com.br

Thiago
thiago@3rtur.com.br

Financeiro
financeiro@3rtur.com.br

Whatsapp
Leandro: (11) 99504-6972
Nuno: (11) 99845-7121
Thiago: (11) 98608-9951

Facebook
www.facebook.com/3rtur