Entenda melhor as novas regras da ANAC nos aeroportos brasileiros

18 de julho de 2016

Sabe aquela história de "voos internacionais precisamos chegar com bastante antecedência no aeroporto, mas voos nacionais um pouco antes que está bom"? Pois é, a partir de agora não será mais bem assim.

Objetivando maior segurança dos passageiros em voos domésticos a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) aplicou procedimentos mais rigorosos de fiscalização de passageiros e bagagens a partir de hoje - 18/07/2016.

Confira os procedimentos que devem ser intensificados, segundo a Anac:

- Revista física

Todos os passegeiros estão sujeitos a passar por uma revista física, feita por um agente do mesmo sexo. Isso pode ser feito de forma aleatória, ou seja, mesmo que não tenha sido disparado o alarme do equipamento de raios X. De acordo com a Anac, a revista poderá ocorrer em local público ou reservado, a critério do passageiro e do agentes, e com presença de testemunha.

Crianças também podem ser submetidas à revista física, segundo a Anac. A idade mínima, no entanto, não foi informada por "questões de segurança", segundo o órgão.

Se o passageiro se negar a passar por revista física, caso seja solicitado, ele não poderá acessar a área de embarque do aeroporto.

 

fiscalizacao nova



- Notebook

Os passageiros terão que tirar computadores portáteis e outros dispositivos eletrônicos de dentro das malas e mochilas. Antes, segundo a Anac, a medida só era obrigatória para os voos internacionais.

De acordo com a agência reguladora, a presença do notebook dificulta a visualização dos demais itens no interior da bagagem durante a inspeção pelo equipamento de raios X.

- Abertura de bagagem

Os passageiros também podem ter de abrir as bagagens de mão para que os agentes façam a inspeção dos objetos. Isso pode ser solicitado no momento da passagem pelo equipamento de raios X.

Se o passageiro se recusar a abrir a bagagem de mão, ele ficará proibido de entrar na área de embarque do aeroporto.

- Filas

Depois de a Anac anunciar as mudanças, a Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear), que representa Avianca, Azul, Gol e Latam, informou que as empresas orientam os passageiros dos voos nacionais a se apresentarem para o check-in com antecedência de pelo menos 1h30 antes do horário de saída do voo - sendo 2 horas de antecedência o mais indicado.

"Os operadores aeroportuários preveem que a mudança aumentará o tempo para se chegar às salas de embarque", informou a associação.

A Anac informou que serão tomadas medidas para evitar possíveis filas, mas não detalhou os procedimentos previstos. "Os operadores aeroportuários estão cientes dos novos procedimentos de segurança e adotarão as medidas necessárias para agilizar o processamento dos passageiros."

 

inspecao aeroportos brasileiros


As mudanças não alteram a lista de itens que já são proibidos na bagagem de mão, como objetos cortantes e garrafas com mais de 100 ml de líquido. Mas regras estão descritas em um tira-dúvidas com perguntas e respostas publica pela Anac. Clique aqui e confira.

3R TUR - SUA VIAGEM, NOSSO COMPROMISSO!

 

Compartilhe!

Powered by CoalaWeb

Contate-nos

Já sabe seu destino? Fale conosco!

Deixe-nos a sua sugestão de viagem que nossa equipe estará preparada e disposta para melhor ajudá-lo(a) e retornará o contato o mais rápido possível.

Se prefirir envie um e-mail para:

Leandro
leandro@3rtur.com.br

Nuno
nuno@3rtur.com.br

Thiago
thiago@3rtur.com.br

Financeiro
financeiro@3rtur.com.br

Whatsapp
Leandro: (11) 99504-6972
Nuno: (11) 99845-7121
Thiago: (11) 98608-9951

Facebook
www.facebook.com/3rtur